02/01/2014
Ebaaaaaaaaaaaa!!!! Olha que delícia, primeiro sorteio no blog! Serio gente, to muito feliz!
A única coisa chata é que, como eu já disse N vezes, estamos sem equipamento, e ai para gravar o vídeo em HD, acabou cortando as laterais e ficou uma tarja preta horrível. Tentei de todas as maneiras e programas tirar isso ai, mas é por conta da gravação mesmo. Como eu não queria atrasar mais ainda esse sorteio e sei que meus leitores estão ansiosos, resolvi postar mesmo assim. Prometo tentar corrigir esse bug no próximo vídeo ok? Só queria gravar em HD poxa 🙁
 
Bom, ta tudo explicadinho no vídeo, mas para ver os produtinhos em melhor qualidade, tirei algumas fotos. Não esqueça de preencher o formulário e seguir as regrinhas.
 
O primeiro sorteio vai ao ar dia 18/01/2013, e o prêmio vai ser o gloss e o avião. No post de divulgação da vencedora (ou vencedor), coloco a data do próximo sorteio oficialmente. Provavelmente, no próximo sábado apos o primeiro sorteio, como falei no vídeo.

Vale lembrar que quem se inscrever agora, vai estar participando dos 3 sorteios automaticamente, mas, se ganhar um, acaba a chance do restante dos sorteios ok? 
 
Regras OBRIGATORIAS
 
 
–  Curtir a página Larissa na estrada ou clicar em LIKE diretamente na pagina, no canto esquerdo do blog. 
Compartilhar publicamente o post do sorteio na pagina do blog. Clique aqui para compartilhar.
–  Seguir no instagram @larissabes
(Para pessoas que não possuem conta no instagram, a alternativa é seguir o blog publicamente, que nao é regra obrigatoria, mas torna-se no caso de pessoas que não possuem conta no INSTAGRAM. Assim, todo mundo participa, certo?
 
–  Preencher o formulário abaixo:
 
* Importante lembrar:

– Se o vencedor não estiver seguindo todas as regras, será desclassificado!

– Vou entrar em contato por email, e o prazo para resposta será de 48 horas. Se o vencedor não responder em dois dias, efetuarei um novo sorteio. Portanto, coloquem apenas emails validos no cadastro!
– Não existe chance extra, mas que tal seguir o blog e ficar por dentro das novidades? 
8 Comentários

Você também poderá gostar de:

[:pb]

Olá pessoal! Bom, este é o meu primeiro natal em solo americano. E vou falar: foi mega especial!
Claro que senti uma saudade absurda da minha família, afinal, mesmo que em casa a gente não tenha o costume de celebrar o Natal como os americanos celebram, pra mim, continua sendo uma data super especial para reunir a família, trocar presentes e comer. Acho que isso deveria ser feito todos os dias, mas com a rotina que cada um de nos assume depois de grande, nem sempre o relógio é nosso amigo, eai nos perdemos no tempo e deixamos passar coisas simples como essas.
 
Bom, o natal aqui é comemorado em dois dias. Vale lembrar que em muitos lugares no Brasil pode ser feito dessa maneira também, e, até na minha casa nos comemoramos. Mas aqui é bem mais intenso. Eu me sentia em um filme de sessão da tarde. 
 
Na noite do dia 24, nos reunimos na casa da irmã mais velha do Chris com alguns amigos da família. Tinha bastante comida, karaoke, e muitos presentes. (eu ganhei chocolate a rodo, hehehe).
Fui dormir super tarde para acordar tarde no dia seguinte. Eu sou o tipo de pessoa que detesta esperar, principalmente quando envolve breakfast americano e presente. Curiosidade e’ meu sobrenome. Então, levantei por volta das 10.
A mãe do Chris montou uma mesa bem bonitinha para nosso café. 
Adivinha? Bacon, ovos, batata e bagels. Bagels é um tipo de pão e acha em qualquer lugar de NY!
_______
Esses são as nossas meias de natal. Cada morador da casa tem uma meia dessas, com doces, chocolates e gift cards. Os meus tinham alem das guloseimas, gift cards do subway e michael, que é uma loja de artesanato que eu amo daqui!
_____
 
Esta é a nossa árvore de natal, que eu já mostrei lá no FB. Linda ne? A maioria dos presentes já tinha saído. Aqui eles tem o costume de dar presente para todo mundo. Desde a dona do salão de beleza, até a mulher que faz a sua unha. 
_____
 
Preciso contar uma coisa para vocês: Todo munda já tinha recebido milhões de presentes. As crianças tinham um saco enorme recheado de coisas, por exemplo. Eu estava com 3 do meu lado, louca para abrir, mas ninguém deixava. A desculpa era que tinha que esperar e esperar e esperar. De repente, a Jordyn, outra irmã do Chris, disse: De quem são esses presentes? LARISSA!!! SÃO DA LARISSAAAA!!!
 
Atras desse monte tinha mais quatro caixas com sneakers. Galera, foi muita coisa! Eu nunca ganhei tanta coisa de uma só vez. Mais da metade foi o próprio Chris que me deu, e o restante as irmãs e os pais. Eu chorei, chorei e chorei. O pai do Chris chorou junto comigo, porque ele sabia que era um natal diferente. 
 
 
Falando em pai do Chris..
 
 
Ele ganhou alguns presentinhos como blusa e coisas pequenas. Depois que todo mundo tinha aberto seus presentes, o Chris e o Petter foram buscar o REAL presente do Dad Meyer. Na verdade, ele ganhou uma TV de 60 polegadas, e essa foi a reação dele quando ele percebeu o que era:
Me contem nos comentários sobre o natal de vocês pessoal!
Estou curiosíssima para saber!!
 
Prometo responder todo mundo, beijo. 

[:en]

Olá pessoal! Bom, este é o meu primeiro natal em solo americano. E vou falar: foi mega especial!
Claro que senti uma saudade absurda da minha família, afinal, mesmo que em casa a gente não tenha o costume de celebrar o Natal como os americanos celebram, pra mim, continua sendo uma data super especial para reunir a família, trocar presentes e comer. Acho que isso deveria ser feito todos os dias, mas com a rotina que cada um de nos assume depois de grande, nem sempre o relógio é nosso amigo, eai nos perdemos no tempo e deixamos passar coisas simples como essas.
 
Bom, o natal aqui é comemorado em dois dias. Vale lembrar que em muitos lugares no Brasil pode ser feito dessa maneira também, e, até na minha casa nos comemoramos. Mas aqui é bem mais intenso. Eu me sentia em um filme de sessão da tarde. 
 
Na noite do dia 24, nos reunimos na casa da irmã mais velha do Chris com alguns amigos da família. Tinha bastante comida, karaoke, e muitos presentes. (eu ganhei chocolate a rodo, hehehe).
A única foto que eu tenho que preste sobre esse dia, é a minha com o Chris e os filhotes da Stephanie. Esses são Lorenzzo e Lucia, que vocês já conhecem do facebook. 
Fui dormir super tarde para acordar tarde no dia seguinte. Eu sou o tipo de pessoa que detesta esperar, principalmente quando envolve breakfast americano e presente. Curiosidade e’ meu sobrenome. Então, levantei por volta das 10.
A mãe do Chris montou uma mesa bem bonitinha para nosso café. 
Adivinha? Bacon, ovos, batata e bagels. Bagels é um tipo de pão e acha em qualquer lugar de NY!
_______
Esses são as nossas meias de natal. Cada morador da casa tem uma meia dessas, com doces, chocolates e gift cards. Os meus tinham alem das guloseimas, gift cards do subway e michael, que é uma loja de artesanato que eu amo daqui!
_____
 
Esta é a nossa árvore de natal, que eu já mostrei lá no FB. Linda ne? A maioria dos presentes já tinha saído. Aqui eles tem o costume de dar presente para todo mundo. Desde a dona do salão de beleza, até a mulher que faz a sua unha. 
_____
 
Preciso contar uma coisa para vocês: Todo munda já tinha recebido milhões de presentes. As crianças tinham um saco enorme recheado de coisas, por exemplo. Eu estava com 3 do meu lado, louca para abrir, mas ninguém deixava. A desculpa era que tinha que esperar e esperar e esperar. De repente, a Jordyn, outra irmã do Chris, disse: De quem são esses presentes? LARISSA!!! SÃO DA LARISSAAAA!!!
 
Atras desse monte tinha mais quatro caixas com sneakers. Galera, foi muita coisa! Eu nunca ganhei tanta coisa de uma só vez. Mais da metade foi o próprio Chris que me deu, e o restante as irmãs e os pais. Eu chorei, chorei e chorei. O pai do Chris chorou junto comigo, porque ele sabia que era um natal diferente. 
 
 
Falando em pai do Chris..
 
 
Ele ganhou alguns presentinhos como blusa e coisas pequenas. Depois que todo mundo tinha aberto seus presentes, o Chris e o Petter foram buscar o REAL presente do Dad Meyer. Na verdade, ele ganhou uma TV de 60 polegadas, e essa foi a reação dele quando ele percebeu o que era:
Me contem nos comentários sobre o natal de vocês pessoal!
Estou curiosíssima para saber!!
 
Prometo responder todo mundo, beijo. 

[:]

4 Comentários

Você também poderá gostar de:

Já falei que amo fim de ano ? 
 
Tem natal, festas, comida gostosa, presentes, e aquela expectativa do ano que esta chegando, batendo na nossa porta, vai ser diferente.
Aquela utopia de que vai ser AQUELE ano! Triste notícia, e uma frase pra lá de velha: nada muda, se você não muda.
Milhares de pessoas passam o ano inteiro programando uma só data. Perdem tempo pensando e organizando todos os mínimos detalhes. E não estou dizendo isso somente da virada. Digo isso de tudo. 
 
Nossa cabeça funciona o tempo todo, e estamos fazendo planos até dormindo. Desperdiçamos horas em brigas, discussões, choros ou nos permitimos perder a atenção naquilo que estava ali. Do nosso ladinho. O tempo todo. Dizemos não com mais frequência do que dizemos sim. Pedimos perdão, e nem sabemos perdoar. Nos limitamos da única coisa que importa: SER FELIZ!
Ai meu amigo, o tempo passa. E não conta o que vai fazer com a gente. Deve ser por isso que toda virada, meu facebook lota de posts que começam com “é, acabou o ano e eu nem vi passar”. 
 
Lembro que eu mesma planejei por tanto tempo o que eu faria lá na frente. Comprava calcinha nova, me vestia das cores que eu mais precisava de ajuda para o próximo ano. Roxo, vermelho, amarelo, branco, azul, seila! Pulava as sete ondinhas, planejando onde pular as próximas sete ondinhas. Pensando sobre o que eu ia usar no colégio. E como eu queria minha vida em 5, 10 anos. Desejos, desejos.
Essa é a minha primeira virada longe de casa. Essa é a primeira vez que inicio um ano, adivinhem, do outro lado do mundo. Se eu imaginei que isso aconteceria, no ano passado? Pior que não.
 
É muito estranho não ter pulado sete ondinhas ontem, porque estava muito frio. Senti saudade da minha família, deu vontade de chorar, e me perguntei o que eu faria se estivesse no Brasil. Refleti sobre meu ano inteiro, e sobre os meus erros. Porque isso aconteceu só no último dia? Por que eu não tive tempo de arrumar antes do ano acabar ? Porque o tempo não me permite isso.
 
Quando me dei conta, vestia branco e dourado, e eu nem se quer planejei. Era só um jantar e depois voltaríamos para a casa. E lá estava eu, desejando paz e dinheiro pro próximo ano, inconscientemente.
Mas sabe o que eu realmente quero? Apenas mais 365 dias para tentar de novo. E sou grata por perceber a tempo, do tempo me permitir isso. Feliz 2014, pessoal!
3 Comentários

Você também poderá gostar de: