sedd

Diariamente eu recebo perguntas sobre o meu visto. Como eu consegui morar no Estados Unidos e qual o processo para que outras pessoas também possam vir. E hoje eu trago a resposta!

A verdade é que o meu visto é turista. Quando eu vim a primeira vez pra cá, em dezembro, tive apenas um mês de permanência. O fiscal não foi muito com a minha cara, e eu tive que voltar pro Brasil em janeiro. Porém, retornei em fevereiro, e, pra minha surpresa, meu passaporte foi carimbado com seis meses de permanência.

A ideia inicial era passar duas semanas no Brasil e duas semanas no Estados Unidos até quando desse. Eu já tinha largado o emprego e a faculdade, e tinha que achar uma forma de me sustentar, porque o que estava em jogo era a minha relação com o Chris. Dessa forma, tínhamos decidido que eu viveria viajando para lá e para cá vendendo produtos importados. Porém, pra minha surpresa, o fiscal foi gentil. Saí do aeroporto pulando de felicidade. Mas quando chegamos em casa, tivemos que tomar uma decisão. Eaí, Larissa. Como vai ser daqui pra frente?

Então, conversando com o Chris, meu namorado, decidimos que eu ficaria no Estados Unidos até o fim do meu visto. Ele acaba em 8 de agosto! Mas, pra quem não sabe, só se pode estar em território americano por no máximo seis meses durante um período de um ano. Sendo assim, eu tenho que deixar o país em agosto e só posso voltar depois de seis meses.

O problema é que eu não queria voltar para o Brasil. O Christopher também não tem a mínima vontade de fazer isso agora. E o namoro? Fica como? Então decidimos: vamos pra Tailândia! E por seis meses!

Aí você se pergunta: Mas Deus do céu, porque logo Tailândia?

Pra quem não sabe, o meu namorado é professor de Muay Thai. Depois de morar no Brasil, ele resolveu estudar mais sobre a arte na Tailândia. Tudo o que ele tem e sabe hoje, ele deve a algumas pessoas que conheceu durante o período em que esteve lá. E uma dessas pessoas, é o treinador dele, o qual ele tem um respeito imenso, e a saudade é imensa! Outro fator importante é que brasileiro consegue entrar no país sem precisar passar pela entrevista de visto  como é feito para o Eua. Então já facilitou muito o meu lado.

Inicialmente, não sabemos onde vamos ficar. Tínhamos cogitado a ideia de ficarmos em algum apartamento em Bangkok, que acaba sendo mais barato, e tem taxi pra todo lado. Mas ultimamente tá rolando muito protesto e a cidade tá uma loucura! Então, muito provavelmente nós vamos ficar num resort, num lugar chamado  Phuket. Pelo que eu ainda pesquisando (e pelo que o Chris fala) é um lugar lindo, com paisagens de tirar o fôlego.

E é por isso que eu estou fazendo esse post hoje. Para explicar para vocês o que vai acontecer comigo em agosto, e para também, abrir uma nova tag aqui no blog: embarque para Tailândia. Conforme a gente for se decidindo, vou postando as nossas escolhas. O hotel, o avião, e todo o processo até chegar em território tailandês. A partir daí, preparem-se para muitos e muitos posts no menu Pelo Mundo aqui do blog!

Eu ainda não consigo acreditar que estamos indo pra lá. É muita novidade pra pouca Larissa. Sem contar que é por um período grande. Eu tô animada sim, mas com medo também! Será que vou ter que almoçar espetinho de escorpião? Ai meu Deus!!!  (chocado)

Alguém aí já foi para a Tailândia? Ou tem vontade de conhecer? Me contem nos comentários, vamos compartilhar experiências!! (lingua)

34 Comentários

Você também poderá gostar de:

4

Olá pessoal!

Muita gente me pediu para fazer um post falando um pouco mais sobre a minha câmera, e aqui estou eu. Mas, preciso dizer antes de tudo, que é um desafio para mim até pra fazer esse post. Isso porque eu não entendo nadinha de câmera. Juro! Eu faço as fotos do blog com ela e gravo os vídeos, mas não entendo nenhuma função. Quem escolheu e mexe em tudo, é sempre o meu namorado. E que aliás, é ele mesmo que tira as fotos do blog. Pra gravar vídeo, eu sinto um pouco de dificuldade com ela, porque eu faço tudo sozinha, e nem sempre eu consigo deixar o foco bem certinho. Mas, juntei a minha força de vontade com a curiosidade de vocês, e dei uma pesquisada na internet. É muito feio pensar que trabalho com esse material e nem se quer o conheço bem.

No início do blog, a gente usava uma câmera emprestada, um pouco antiga até. Ela quebrava um galho, mas depois que adquirimos essa, percebemos o tamanho da diferença na qualidade das fotos! Nem se compara!

cam

A nikon d5200 é uma câmera para iniciantes, e foi lançada para competir com a Canon t4i. Mesmo feita para iniciantes, ela contém configurações mais avançadas, possuindo nada mais, nada menos do que 24.1 mega pixels e chega a fazer 5 disparos por segundo. Quando ela foi adquirida, veio com duas lentes. Uma de 18-55 mm e outra de 55-300mm.

No quesito gravação de vídeo, é em alta qualidade, full HD, e 1080p. Ela ainda suporta um microfone externo, o que faz o áudio da gravação ser muito bom! Quando a lente é bem focada, os vídeos ficam ótimos pra youtube. Encontrei a mesma câmera por 3.918,00 no ponto frio, nesse link aqui e tomei um susto, já que ela foi comprada aqui no Estados Unidos por 900 dólares, e veio um kit completo, com lente extra, tripé, etc. Tinha tanta coisa, que eu não sei nem explicar o que era cada um deles, porque não cheguei nem a usar o resto. Outra novidade é a transferência de arquivos via Wifi, e eu, particularmente, nunca testei!

Mesmo que ela seja “rival” da canon t4i, eu sempre ouvi falar muito bem da Canon t3i, e busquei comparações entre as duas câmeras. Algumas características são bem parecidas. A nikon d5200 é um pouco mais leve que a Canon, mas isso nem chega a ser um critério avaliativo. Outra diferença é na luz assistente que vem na Nikon. Já na Canon, é apenas o flash. Como já falei antes, a Nikon contém 24.1 mp, enquanto a Canon t31 está no mercado comportando 18mp.

Essa foi a última foto que eu tirei com a Nikon d5200:

aha

Até para colocar aqui no blog eu tenho que diminuir para 685 pixels. A foto original tem 6000 pixels! Se você quiser conferir mais fotos tiradas com essa câmera, é só voltar no último post de imagens aleatórias clicando aqui.

Eu, pessoalmente, não tenho reclamação nenhuma para fazer da câmera que eu uso. Exceto na gravação de vídeos que eu apanho um pouco, e ainda não tenho um dublê para ficar no meu lugar enquanto arrumo o foco. Mas isso não atrapalha tanto. A cada dia me impressiono mais com a qualidade das fotos que consigo fazer. Super valeu o investimento. A coisa chata desse tipo de câmera, é que é preciso um cuidado enorme. Não é uma compacta que você enfia na bolsa e leva para qualquer lugar. Por outro lado, a qualidade não se discute.

Gostaram pessoal? Qual a câmera que vocês sonham em ter? Me conte nos comentários um pouco mais da sua opinião, se valeria o investimento aos seus olhos, e qual é o seu sonho de consumo. Adoro ter esse contato com vocês! Beijo grande!

 

28 Comentários

Você também poderá gostar de:

capa post

Como vocês sabem, eu tenho uma sogra que ama cozinhar, mas que, mais do que isso, vive as estações e feriados intensamente. Eu quero dizer que, sempre que tem alguma festa se aproximando, ela trata de deixar a casa inteira toda decorada. E com a páscoa batendo na porta, não foi diferente, né?

Se for comparar com o natal, a decoração que trago hoje ficou bem simples. No natal a casa inteira e o quintal ficam a caráter. Mas, mesmo que tenha poucos itens com coelinhos e ovos de chocolate pela casa, me senti na obrigação de fotografar tudo para vocês. Vamos conferir?

 3

 

 2

 

 6

 

9

 

11

14

 

7

 

8

 

13

Eai pessoal, gostaram da decoração? Espero que sim!

Vocês também tem esse costume de preparar a casa para os eventos que vem chegando? Me contem nos comentários e mostrem o de vocês. (mega feliz)

 

Beijão! <3

11 Comentários

Você também poderá gostar de: