capa

foto: aqui

Enquanto muita gente diz que quem vive de passado é museu, eu sou da opinião de que o passado pode nos ajudar e que jamais devemos nos esquecer dele. Por alguns anos da minha vida meu único pedido era esquecer que vivi certas coisas para que a dor pudesse ir embora. Mas hoje eu vejo que se eu esquecesse de quem eu fui ou do que eu passei, jamais seria quem eu sou hoje.

Eu, Larissa, nunca fui  alguém popular e cheia de amigas. Sempre achei que o problema não era comigo, e sim com as outras meninas da escola que eram egoístas e chatas demais pra abrirem um espaço pra mim na turma delas. Por muito tempo eu jurava que não sabia exatamente o POR QUÊ eu era a excluída.

Quando fui para o Eua no ano passado muita coisa mudou em poucos meses. Por dentro e por fora, mas principalmente por dentro. Eu sabia que esse tipo de coisa iria acontecer, afinal, quando a gente sai de casa, conhece outra cultura e passa perrengue, somos obrigados a mudar, né? Com o blog eu comecei a receber mensagens cheia de carinho de gente que eu nunca vi na vida, mas que dizia que eu tinha ajudado de alguma forma com os meus textos e um pouco de atenção no chat do facebook. Fiz um montão de amizade e tudo isso além de incrivel era muito novo pra mim!

Até que semana passada fiquei revirando meu facebook, olhando fotos, posts e mensagens antigas, e foi ai que eu me dei conta do porque eu era sempre a última escolhida nos trabalhos em grupo. Enquanto eu lia aquelas coisas senti um nojo gigantesco de mim. Tenho que confessar que a Larissa do presente sentiu uma vontade enorme de dar uma surra na Larissa do passado, e para aqueles que me aguentam desde aquela época, ai vai o meu muito obrigada; Eu sabia que eu era chata e, por falta de melhor palavra, bem cuzona com os outros, mas eu não me lembrava que eu era TÃO ruim. Me senti péssima por saber que magoei tanta gente e (ainda) não consegui o perdão de todas elas. Não que isso justifique o erro, mas tenho pra mim que nós somos o reflexo daquilo que temos em casa e do que vivemos. Eu não era assim porque queria, mas porque foi o que eu aprendi a ser. No fundo, bem lá no fundo, existia alguém melhor do que aquilo que eu mostrava ao próximo.

Lembra o que eu disse sobre a importância de não esquecer o passado? Pois então, agora uso ele como lição para não errar mais, ou pelo menos, tratar o próximo melhor. Com mais carinho, cuidado e médias palavras. Posso não me orgulhar de quem eu fui, mas com certeza me orgulho de quem eu sou. É o que eu costumo dizer: você já sabe onde esteve, agora precisa olhar pra frente!

Agora eu te pergunto: você tem orgulho ou vergonha do seu eu do passado?

38 Comentários

Você também poderá gostar de:

:bye: 
:good: 
:negative: 
:scratch: 
:wacko: 
:yahoo: 
B-) 
:heart: 
:rose: 
:-) 
:whistle: 
:yes: 
:cry: 
:mail: 
:-( 
:unsure: 
;-) 
 

  1. Andressa
    nov 25, 2014

    O que me da mais raiva nem é lembrar de mim no passado, mas me da uma puuta raiva quando me pego fazendo as mesmas coisas sem querer. Acho muito bacana quando a gente consegue fazer esse balanço né Larissa!! Significa que amadurecemos hehehehe. Sempre arrasando com os posts. Bjooo

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Andressa, Oi Andressa! Nossa, isso acontece mesmo hahahahaahhahaha as vezes do uma resposta atravessada a la Larissa do passado e ai depois de alguns minutos eu me do conta da minha atitude.. mas isso é bom, porque a gente enxerga o erro e tenta nao cometer mais da próxima vez, nem sem querer!

    [Responder]

  2. nov 25, 2014

    Lari, estamos no mesmo barco.. eu me vi no seu texto. Quer dizer, na escola eu até não era das últimas e sempre tive alguns amigos próximos, mas quando se tratava de ter uma amizade verdadeira mesmo, eu nunca consegui segurar ninguém. Eu fui uma pessoa bastante ruim e já afastei muita gente, e quase perdi outras pessoas por conta disso. Mas a gente muda, cresce, amadurece e, graças a Deus, a gente se dá conta de que precisa mudar.

    Não são em todos os posts que eu comento, mas eu leio cada um deles. Amo ler as suas experiências como pessoa e o quanto você cresceu. Quem lê cresce um pouquinho também =)

    Beijão Lari <3

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Talita Korb, OI Talita! Das amizades que eu tinha, eu era bem fiel, e achava que elas também eram, mas anos depois eu descobri que a amiga era só eu.. então quando nao era erro meu, era erro de alguem que eu considerava muito.. paciencia, a gente cresce, ne? Mas hoje, graças a deus, exista uma amiga que eu colocaria minha mão no fogo e sei que por mais que nao nos falamos todos os dias, ela me considera muito e eu tambem.. é bom esse sentimento,, ne? 😀

    Eu fico feliz de saber que você ta sempre aqui, mesmo que sem comentar em todos.. muito obrigad apor participar do blog, isso me deixa orgulhosa, saber qeu não to sozinha 😀 <3

    [Responder]

  3. Louise Belard
    nov 25, 2014

    É Lari, não é fácil mesmo você olhar pra trás e ver que aquelas coisas que aconteceram não poderão ser modificadas, mas o que me alegra nisso tudo é saber que podemos de alguma maneira contornar a situação para sermos melhores e termos atitudes diferentes hoje!
    Seus textos sempre me fazem refletir, eu também nunca fui aquela menina cheia de amigas, sempre me limitei muito e quando estava em grupinhos, era só os meninos hahahaha (lingua) . Mas hoje vejo que mudei muito, fiquei mais madura e tenho muito mais orgulho de mim!
    Beijos

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Louise Belard, OI Loooo!!! Ainda bem que você pode dizer que tem orgulho de você , deve ser uma pena as pessoas que são obrigadas a mentir pra si.. eu conheço alguem que diz ter orgulho de si quando na verdade é a vergonha em pessoa.. nos livramos desse sentimento, graças a deus. beijao!

    [Responder]

  4. Raquel Queiroz
    nov 25, 2014

    Hoje eu vejo o quanto mudei em relação a 5 anos atrás. Eu não tinha muitas amigas, mas as que eu tinha, enchia o ouvido delas falando mal das outras meninas mais “populares”. Hoje eu vejo o quão egoísta e ridícula eu era… Adorei o texto! Beijos Lari

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Raquel Queiroz, Oi Raquel! A parte boa de olhar pra trás é poder rir da gente mesmo hahaha essas coisas acontecem, principalmente na adolescencia, mas depois a gente aprende com os erros. beijao!

    [Responder]

  5. Renata
    nov 25, 2014

    Passado sempre vira alguma aprendizado para o hoje e para o futuro.
    Eu passei uma fase tendo muitas amigas e depois um tempo não tendo nenhuma, hoje eu consigo ver como eu era chata hehe
    Adorei o post, Larissa! beijinhos, Rê
    http://renatatruchinski.com

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Renata, Oi Re! Acho que a pior parte é essa.. ter muitas amigas e depois se ver sem nenhuma.. deve ser ainda pior do que nunca ter tido ninguem.. mas a gente aprende, e na maioria das vezes, as erradas somos nós.. basta nao repetir, beijao!

    [Responder]

  6. nov 25, 2014

    Nossa lari, muito show o texto! Realmente o passado sempre deixa um lição em nós! Me orgulho do meu passado, mas aprendi varias coisas que vou levar pro resto da vida, como não confiar demais nas pessoas e que nem todo mundo é seu amigo.

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Layse Araújo, Oi Layse! Exatamente! Não confiar em todo mundo e saber que nem todo mudno é seu amigo.. tai as coisas mais dificeis que eu tive que aprender e aceitar ao longo desses anos.. 🙁

    [Responder]

  7. crislane pereira
    nov 25, 2014

    Amo os seus textos, eles são inspiradores! Eu não me orgulho mt do meu passado, mas aprendi com cada erro e tento não repeti-los! Olhando pra trás vc vejo o quanto mudei e o quanto me tornei melhor, não só pra mim msm mas para as pessoas ao meu redor… Beijo Lari :*

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @crislane pereira, Oi Cris! Parabéns pelas suas mudanças, as pessoas aos eu redor agradecem por elas, tenho certeza disso! obrigad apor ler, beijo grande 😀

    [Responder]

  8. nov 26, 2014

    Sinceramente o nosso passado (como vc já disse no texto) serve quase como um livro. Você lê os ‘capítulos anteriores’ pra te lembrar o que fazer e principalmente o que não fazer novamente. E outra coisa, com o tempo a gente amadurece também e tudo muda!! Adorei o texto, bjão!!!

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @De repente fashion, Oi Raquel! Que bom que gostou, obrigada por ler, beijao

    [Responder]

  9. Adriana Santana
    nov 26, 2014

    Eu particularmente tenho orgulho da pessoa que fui e com certeza da que sou hj, mas me como qualquer mortal, me arrependo de atitudes que tomei e coisas que disse a pessoas queridas. Mas como vc mesma disse Larissa, uso minhas experiencias como liçao de vida e procuro hj nao cometer os mesmos erros.

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Adriana Santana, Oi Adriana! muito bom saber que você tem orgulho de si, parabéns dri!! É libertador, ne? Todos nos erramos, as vezes mais do que deveriamos, mas o lado bom é que a gente aprende com isso.. beijo grande

    [Responder]

  10. Adriana Santana
    nov 26, 2014

    Bom como vc mesma disse Larissa, eu tbm cometi erros dos quais nao me orgulho com pessoas queridas, mas uso essas experiencias como liçao de vida para que nao cometa o mesmo erro novamente. Mas apesar dos erros cometidos me orgulho sim da pessoa que fui e que sou.

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Adriana Santana, ops, veio duas vezes 😀

    [Responder]

  11. nov 26, 2014

    Oi gatona! Parabéns pelo texto maravilhoso e por reconhecer suas falhas do passado. Isto te fez mudar, pois muita gente não consegue. Eu sempre fui a mesma kkkkk com todos, porém em meu casamento no passado eu era chataaaaaaa que aff, hoje sou outra pessoa e me pergunto como meu marido me suportava kkkkkkkkk. Beijos
    http://www.mulhersuperfashion.com

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @leniliz ornellas, Oi Leniliz! hahahaha dei risada com seu comentário.. eu também me pergunto como meus ex namorados me aguentavam.. coitados hahah beijo

    [Responder]

  12. nov 26, 2014

    Que texto lindo, Larissa. Parabéns!
    E muito obrigada por compartilhar isso conosco. Querendo ou não, algo bem particular, e mesmo assim, você se mostrou uma pessoa incrível ao postar esse texto,contando como você se sente ao olhar para o seu passado.
    Claro, que a maioria de nós não se orgulha do passado que tem, mas como você disse, se não fosse por ele (passado) e pelos acontecimentos que ocerraram lá, nós não teríamos a chance de melhorar nossos defeitos e tentar, pelo menos, mudar os erros cometidos.
    Um super beijo! Amei o post <3

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Silvia Coelho, Oi Silvia! Obrigada por ler, fico feliz por gostar 😀 Eu sou uma pessoa muito aberta, aberta até demais, a ponto de usarem as minhas próprias palavras contra mim, mas por outro lado, botar pra fora me faz bem, me deixa com um sentimento melhor.. as vezes eu nem chego a pensar nas consequencias que isso vai me trazer depois, com tanto que eu me “liberte” daquele sentimento, sabe? E acredito que o blog é exatamente isso, um cantinho particular pra eu me expor também.. vou começar a postar mais textos por aqui 😀 obrigada pelo carinho, beijao

    [Responder]

  13. nov 27, 2014

    É muito bom você ter algo com que no futuro você possa ver quem você era e se você mudou. Eu, por exemplo, tenho fotolog kkkkk As vezes eu dou uma passadinha lá pra rir das besteiras que eu postava e ver o quanto eu amadureci!
    beijos

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Pauline Marques, Oi Pauline! hahahaahahah eu tambem tive isso, e ja resgatei boas fotos de la.. deus do céu, como eu tava judiada kkkkkkkkkkkk olhar cd com foto antiga tbm é épico, hahahaa

    [Responder]

  14. Ana Carolina
    nov 27, 2014

    Bom… eu tenho vergonha de algumas atitudes que eu tomei no passado, das coisas erradas que fiz,do desgosto que dei pros meus pais em certos momentos… mas sabe, se eu parar pra pensar,eu não seria a pessoa melhor que eu sou hoje, senão tivesse feito metade das coisas que fiz,não mudaria nada do meu passado,porque graças a ele, eu tenho orgulho do que me tornei hoje, com outra cabeça,outras atitudes, então as vezes acho que errar faz parte pra gente melhorar no futuro!! Mas hahaha tem umas paradas bem ridiculas que eu tenho vergonha,tipo fotolog,eu postava umas coisas muito sem noção,e o orkut? Meu Deus kkkkkk, faz parte né? kkk

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Ana Carolina, Oi Ana! Pois é.. eu ja tive momentos de me arrepender e talvez desejar voltar atrás pra nao cometer o mesmo erro mas eu tenho ctz q se eu voltasse atrás, sem a cabeça de hoje, com a mesma cabeça do passado, eu faria de novo, porque precisei fazer pra aprender com o erro.. graças a deus a gente se supera hahah beijao

    [Responder]

  15. nov 27, 2014

    Legal, Larissa, reconhecer isso. Mas é verdade. Dia desses estava conversando com um amigo meu. Não nesse contexto, mas hoje eu também me odeio no passado. Esse “amigo” era uma paixão antiga, eu era perdidamente apaixonada por ele e fazia tudo por ele e ele não me correspondia. Ficava comigo mas pronto, acabou. E eu fazia cartas, música, ficava esperando ele ficar on no msn ahahahaha e ele veio esses dias puxar assunto dizendo que sempre gostou de mim mas como eu me apaixonei muito rápido, ele ficou assustado. daí minha resposta em resumo foi: “Eu era uma pirralhinha muito idiota. Relembrando de tudo isso que eu fiz por você, eu sinto muita vergonha de mim mesma, coitada. Mas essa paixão foi um mal necessário. Quando te superei, muita coisa mudou. Eu amadureci e aprendi a me amar mais, me amar antes de tudo e cuidar de mim. =)”
    -em outras palavras eu disse: “mas agora que eu cresci você quer me namoraaar, baba baby, baby baba”- IUAHSIUASHIAHS brincadeirinha. Mas é verdade.

    Se eu não tivesse errado e sido idiota no passado, não teria a maturidade que tenho hoje. É como eu costumo dizer: “É fazendo merda que se aduba a vida”
    :*

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Ana Arantes, Oi Ana! HAHAHAHAHAHAHAHAHA essa musica da kelly resume tudo kkkkkkkkkkkk adorei .. e nao consigo te ver com alguem que nao seja o vitu, nasceram um pro outro *_*

    [Responder]

  16. nov 27, 2014

    Com toda sinceridade do mundo, você e uma das minhas blogueiras favoritas e acompanho seu trabalho desde sempre, amo a forma que você escreve e como transmite uma força tão bem, sua vida serve de experiencia para várias pessoas que tem medo e falta de coragem. Obrigado por me entender tão bem em seus textos e fazer do seu coração o de todos nós. (mega feliz) <3

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    Oi Patrick! Que comentário lindo, obrigada pelo carinho 😀 😀 😀 é isso que me motiva a escrever, saber que pelo menos uma ou duas pessoas gostar do meu texto, digo, gostam mesmo, sinceramente.. e que isso as ajuda de alguma forma. Essas coisas tornam meu trabalho muito mais gratificante. Beijo!

    [Responder]

  17. Rejane Carvalho
    nov 28, 2014

    Oi Lariiiii….
    Mais um dos textos que vai pra minha lista de queridinhos… (sorrisão verde)
    Que bom mina que tu evoluiu e a partir disso conseguiu alcançar tantas pessoas (inclusive eu!) Tenho essa mesma linha de pensamento: o passado não deve ser exatamente esquecido, mas deve servir de lição pra não cometer o mesmos erros e sim evoluir os acertos (piscada) (mas bem é chato se for o caso de ficar pensando as partes ruins do passado sempre né!)
    AH… Ps.: meu tempo ta mais curto por isso vai ficar mais dificil comentar em todos os posts, e com certeza vou acabar perdendo alguma coisa no face ou no insta! Mas te abandonar? Jamais Viiiu (piscada)
    Brigado pelos textooos…. Lindoes (mega feliz)

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Rejane Carvalho, Oi Re! obaaaa!! eu nao sabia que texto ia ter tanto retorno assim.. é sempre um sufoco fazer a galera ler, mas estao gostando (e se vc ta gostando!) é o que importa e torna isso mais gratificante..

    E olha, se vc nao voltar eu vou puxar seu pé a noite hahahah beijo!

    [Responder]

  18. Lana Silva
    dez 01, 2014

    Sabe quando a pessoa escreve o que você está sentindo só não consegui se expressar ai você vai lá e lê um texto e completamente se idêntica com o que a pessoa escreveu, pois bem foi assim que me sentir quando li o seu texto. Eu nunca fui uma pessoa que tive muitas amigas, na verdade até hoje não tenho nenhum, e pensava que elas eram a culpada disso, porém hoje eu vejo que o erro sempre foi meu, porque eu exijo de mais das pessoas aquilo que elas não podem me dar, eu queria que elas fossem perfeita e ninguém e perfeito, se uma pessoa erra a gente tem que relevar e eu não conseguia isso, me arrependo de ter feito muita coisa no passado, mas atire a primeira pedra que já não errou e não se arrependeu? Hoje uso meus erros de exemplo, e penso antes de falar e agir, pra poder não magoa ninguém.

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    @Lana Silva, Oi Lana! hahaha que delicia saber disso, eu adoro quando me identifico com um texto ou musica de alguem e gosto mais ainda quando alguem se identifica com algo meu! E olha, eu também aprendi a pensar 1..2..3..100 vezes antes de falar e as vezes engulo o veneno calada ao invés de botar mais fogo.. claro q nem todo mundo é perfeito e hora ou outra escapa, mas dou o meu melhor e tenho ctz q vc tambem. Beijo grande 😀

    [Responder]

  19. dez 03, 2014

    Eu sou muito perfeccionista comiga mesma, então eu me arrependo de qualquer coisa que eu tenha falado ou feito que já não faz mais parte de mim. Mas o importante é que a gente sempre vai evoluir. O primeiro passo é aceitar que tu age/agiu errado e, assim, mudar. Nem sempre as mudanças serão rápidas, às vezes é necessário persistência, mas nada disso acontece se a gente não assume quem é/foi! 🙂

    [Responder]

    Gravatar

    Larissa Bés Respondeu:

    Oi Mayã! Eu sou como você hahahaah sabe aqueça frase que vc poderia ter dito durante uma briga mas so lembrou depois? pois é.. da uma raiva hahahaha E eu concordo com vc, nem sempre é rapido, mas o mais importante é assumir o que nós fomos lá atrás pra saber como não agir hoje. beijao

    [Responder]